Como fazer o bebê dormir

Não, não vão pensando que meu bebê é uma virtuose que dorme tranquilinho e que eu sou uma super mãe que acerto tudo sempre...vejam o vídeo! Sabe quando a gente olha para alguém e pensa: "Nossa, como essa pessoa é perfeitinha!", não se enganem, todos nós temos todos os lados, só que tem gente que passa mais a imagem de que está tudo certo...até porque se nem a gente se aguenta quando está enviesada, porque ficar compartilhando o que não é bom na gente, né?

Porém...mostrar o que deu certo (e também o que não deu) pode ajudar outras pessoas a verem que elas não são um E.T. ou que somos todas iguais, em momentos variados e mudando o tempo todo, nada estanque. Vejam o vídeo, um momento bacana que minha técnica foi redondinha...mas leiam abaixo também, porque eu também sou como vocês e meu filho também dá piti algumas vezes...

Na sequencia do vídeo, à noite, tudo certo: janta, banho, mamá e cama. SÓ QUE, quando eu ia sair do quartinho dele, ele virava pra me ver e abria o berro. Eu só não filmei pra mostrar porque durou cerca de 40 minutos e a minha filmadora não capta imagens no escuro (por mais que tivesse uma luzinha vinda da sala). Pois bem, a técnica foi a mesma ali de cima, mas eu fiquei bem mais cansada. A paciência que eu citei no vídeo foi mais exercitada e teve uma hora que eu saí do quarto, olhei pro meu marido e disse:

"-Meu Deus, não sei o que está acontecendo...?!" e ele:

"-Tô quase deixando ele chorar um pouquinho pra ver se depois ele acalma..." e eu:

"-Eu também!"

Na cumplicidade dos olhares, eu contei 4 minutos (infinitos!) e fiquei na porta do quarto. Aí o Alberto entrou e ele logo acalmou e dormiu!!!! Às 05h20 ele deu uma choradinha, ouvimos e esperamos um segundo, não continuou...chorou mais uma vez bem pouquinho e voltou a dormir até às 07h. UFA!

O que eu aprendi:

-Quando tudo dá certo, não quer dizer que das próximas vezes também dará!

-Paciência, que só faz parte de mim aparentemente, é um exercício constante e o resultado é sempre positivo, tanto pra mim quanto pro Lucano!

-Dá para deixar o bebê dormir com a gente, sem dramas, para que todos possam dormir bem e descansar, nenhuma criança vai dormir para sempre na cama dos pais!!!

-Se ele ficasse no sling ou fosse para a cama comigo, com certeza demoraria muito pouco tempo para ele dormir. É só uma questão de flexibilidade!!!

-Quem está no momento de "Meu filho dá um piti pra dormir", estamos juntas nessa! E, enfim, passa!

Um beijo, Ju.